24 Horas de Le Mans Acidentadas

Anthony Davidson's Toyota crashes after contact with a GT car in the 2012 24 Hours of Le Mans.

Pouco mais de 6 horas de corrida e já houve alguns acidentes bastante aparatosos, ainda que sem consequências graves para os seus pilotos.

O acidente mais vistoso envolveu um Toyota TS0130 e um Ferrari 458 da Af Corse no final da recta das Hunnaudières logo antes da curva de Mulsanne, onde um pequeno toque entre os dois carros provocou um voo do Toyota TS030 espantoso. Este acidente levou no entanto várias pessoas, incluindo eu a questionar a validade das medidas adoptadas nos regulamentos de modo a prevenir este tipo de acontecimentos. Não os acidentes, pois esses podem sempre acontecer, mas sim o voo por parte dos carros da categoria LMP1.

Os carros da categoria LMP1 são os carros de corrida mais rápidos e evoluídos presentes no campeonato do mundo de Endurance, pelo que usam a tecnologia mais avançada que existe. Estes carros retiram grande parte da sua eficiência da sua aerodinâmica, e é essa mesma aerodinâmica que quando perturbada causa estes espectaculares voos. Estes carros usam fundos planos de modo conseguirem tirar todo o partido do efeito de solo, mas é esse mesmo fundo plano que quando o carro sofre um toque e é ligeiramente elevado do solo que funciona como uma asa de um avião, causando muita resistência e elevando o carro ainda mais.

Como diria o comentador do Eurosport, actualmente os carros da categoria LMP1 são autenticas asas com 10m2 de área. Resta esperar pelo decorrer da restante corrida e ver o que a noite nos reserva.

Leave a Reply