Acontecimentos Infelizes no Gp de Espanha em Fórmula 1

Coincidências acontecem e esta aconteceu 18 anos depois, como se não bastasse o mês de Maio de 1994, o nome Senna e a equipa de Fórmula 1 Williams estarem para sempre inscritos na lista negra do mundo da F1 os azares do mês de Maio não acabaram.

18 anos após o fatídico fim-de-semana que vitimou Rolland Ratzenberger e Ayrton Senna e colocou a equipa Williams numa posição delicada eis que num Gp onde a Williams voltou a provar um pouco do sabor agridoce de uma vitória seguida de problemas. Desta feita após Pastor Maldonado ter conseguido a vitória para a equipa do Sir. Frank Williams ocorreu um incêndio nas boxes da Williams ao que tudo indica resultante do sistema KERS do carro de Bruno Senna, sobrinho do malogrado Ayrton Senna.

Apesar de não ter havido mortes a registar, cerca de 30 elementos da Williams e de várias equipas sofreram ferimentos, sobretudo devido a inalação de fumos, sendo que 7 deles necessitaram de ser hospitalizados. No meio de toda a confusão Sir Frank Williams que está preso a uma cadeira de rodas desde 1986 foi retirado da boxe pela sua filha, e o vencedor do Gp, Pastor Maldonado teve de retirar o seu pequeno primo que ficou em pânico com todos os acontecimentos.

Apesar de ter sido menos negro que em 1994, a Williams voltou a ser capaz do melhor e do pior no mundo da F1. É estranho como algo deste género não aconteceu mais cedo, pois é do conhecimento geral que o sistema KERS é perigoso e este foi apenas mais um alerta.

Leave a Reply