Programmers never Die!!!

Sem Título-2

When you feel like giving up,
remember
why you held on
for so long
in the first place.

Programmers never Die!!!

O Eterno “Se…”

1004854_496581593754668_2003073644_n
 

O verão está aí à porta e o Dispositivo de Combate a Incêndios está de novo montado, mas tal como já era de esperar sem grandes alterações no que à segurança pessoal dos elementos integrantes das equipas diz respeito.

Há boa maneira Portuguesa os equipamentos de protecção individual tardam em chegar, assim como tardam em ser desbloqueados os pouco mais de 700 mil euros que Timor-Leste doou no final do verão passado aos Bombeiros Portugueses.

140.949 mil hectares ardidos e acima de tudo 9 mortes sendo 8 delas Bombeiros que integravam o dispositivo de combate a incêndios deveria ser um motivo mais do que suficiente para que tivessem sido tomadas as providencias necessárias durante a época de Inverno.

É muito bonito vir para os meios de comunicação social dizer que irá haver novo equipamento de protecção individual melhor e mais resistente ao calor e às chamas, mas este tarda em chegar! Além de que muitas as associações não tem capacidade financeira para adquirir destes equipamentos para todos os seus Elementos.

O Cirurgião Celso Cruzeiro, coordenador unidade de queimados dos Hospitais da Universidade de Coimbra remata “SE o material, sobretudo os fatos e as botas, fosse adequado, podia ter minimizado a gravidade das lesões”, “Alguns usam equipamento que arde e cola-se à pele. Outros já têm equipamento mais ‘sofisticado’, na medida em que não arde, mas deixa passar calor e provoca queimadura na mesma” realçando que “o equipamento ideal para quem pisa terrenos em chamas é o que não arde nem aquece”.

Tudo isto é muito bonito no papel e nos meios de comunicação social, mas a realidade é praticamente igual à do ano passado, tirando o facto de que cada um dos elementos irá receber um “Manual de Bolso” com informação sobre segurança no combate aos incêndios, que dá sempre jeito para ler nos pequenos intervalos do combate às chamas (cof cof cof)…

O calor chegará assim como os incêndios, o panorama irá repetir-se sem que o Dispositivo de Combate a Incêndios se negue ao desempenho das suas funções, isto porque tal como Steve Jobs dizia “Não me interessa ser o Homem mais rico de cemitério. […] Ir para a cama à noite e sentir que fizemos algo fantástico […] isso é que me importa.”

Pensar Como Steve Jobs….

1507-1

“O teu tempo é limitado, não o desperdices vivendo a vida de outra pessoa. Não deixes que o ruído das opiniões dos outros abafe a tua voz interior. E, sobretudo, tem coragem de seguir o teu coração e a tua intuição.”

“A inovação nasce quando pessoas se cruzam em corredores, quando telefonam umas as outras às dez e meia da noite com uma ideia nova ou quando se apercebem de algo que mina a forma como temos estado a pensar num problema.”

“A tecnologia de nada vale. O importante é acreditar nas pessoas, acreditar que elas são fundamentalmente boas e inteligentes, e que, se lhes dermos as ferramentas certas, farão coisas incríveis.”

“A diferença entre um líder e um seguidor é a inovação.”

“Se ainda não o encontraste, continua à procura. Não te resignes. Tal como acontece com as coisas do coração, saberás quando o tiveres encontrado. E, como em qualquer boa relação, será cada vez melhor com o passar dos anos.”

“Quem não pensa em grande nunca faz grande coisa.”

“O teu trabalho irá preencher uma grande parte da tua vida, e a única maneira de te sentires verdadeiramente satisfeito é fazeres aqulo que crês ser um óptimo trablho. E a unica forma de fazeres um óptimo trabalho é gostando daquilo que fazes.”

“Não me interessa ser o homem mais rico do cemitério. […] Ir para a cama à noite a sentir que fizemos algo fantástico […], isso sim é que me importa.”

“Olhei para o espelho todas as manhãs e perguntei a mim mesmo: se fosse o último dia da miha vida, será que queria fazer o que estou prestes a fazer hoje? Sempre que a resposta foi “não” durante muitos dias seguidos, percebi que tinha de mudar alguma coisa.”

 

Porque se não tentarmos, não arriscarmos… Não seremos!!!

FIA World Rallycross Championship 2014 – Montalegre

 

IMG_3536
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Há Vícios e Vícios, mas Para Quem Gosta de Automobilismo não Há Melhor que o Cheiro a Gasolina e a Borracha Queimada”

Não poderia estar mais certo, o ambiente da competição automóvel, envolve-me e faz-me sentir em casa. Livre, despreocupado e completamente envolvido numa das minhas paixões.

Atento à condução, pontos de travagem, mêcanicas e sobretudo à paixão que todos os envolvidos partilham pelo desporto Motorizado. Aqui não há clubismos, mas sim paixão pelas lutas dentro de pista, pelas travagens no último centímetro e pelo poder explosivo dos motores de combustão interna.

Se eu pudesse, vivia todos os dias no meu mundo, certamente seria bem mais feliz.

Ayrton Senna – 20 Anos

senna1985
É completamente impossível para mim deixar passar este dia em claro, um dia que me marcou emocionalmente, assim como a mais uns tantos milhares de aficionados do Exímio Ayrton Senna…

Muito poderia dizer, mas não seria capaz de expressar tudo sobre o Mágico da Chuva, aquele que deu um autêntico recital de condução à chuva no Estoril em 1985.

Mas tanto dentro de pista como na sua vida pessoal era uma Pessoa de carismática, brilhante e fantástica!

 

“Seja você quem for, seja qual for a posição social que você tenha na vida, a mais alta ou a mais baixa, tenha sempre como meta muita força, muita determinação e sempre faça tudo com muito amor e com muita fé em Deus, que um dia você chega lá. De alguma maneira você chega lá.”

“Tenho medo da morte e da dor, mas convivo bem com isso. O medo me fascina.”

“Meus ídolos como pilotos sempre foram Niki Lauda e Gilles Villeneuve. O primeiro pela frieza e Villeneuve pela agressividade.”