Para Morrer Basta Estar Vivo!!!

ng2597611

A velha máxima de “Para Morrer Basta Estar Vivo” ficou bem vincada no GP do Canadá de F1 2013, quando após a corrida e durante a remoção do monolugar Sauber de Esteban Gutierres um comissário de pista que ajudava nessa mesma remoção tropeçou e foi atropelado pela máquina que içava o monolugar.

Não tendo sido visto pelo operador da máquina o Comissário de Pista foi atropelado tendo sofrido lesões graves que motivaram a sua morte, já depois de este ter sido transportado para o Hospital. Desde o ano 2000 que esta é a terceira morte entre os comissários de pista, um número mais elevado do que as mortes de pilotos em pista.

No ano 2000 um comissário de pista foi atingido por uma roda no GP de Itália tendo falecido, e em 2001 um outro comissário de pista foi também atingido por uma roda no GP da Austrália resultante do acidente entre Jacques Villeneuve e Ralf Schumacher.

No fundo todas as actividades profissionais ou lúdicas acarretam algum tipo de risco, umas mais outras menos, mas ninguém está livre da morte bater a porta e de sermos forçados a deixa-la entrar.

Leave a Reply