Resumo da Semana: Automobilismo

Numa semana em a noticia sobre a licenciatura de Miguel Relvas tomou de assalto os media o desporto motorizado também teve muito que contar. No fim-de-semana passado decorreu a jornada Portuguesa do Campeonato FIA GT1 no grandioso Autódromo Internacional do Algarve assim como a ronda do Europeu de GT3 e do Campeonato Nacional de Circuitos. De ressalvar a fantástica vitória do António Félix da Costa na Fórmula 3.

CPC no AIA

Começando pelas magníficas corridas que decorreram no nosso país à beira mar plantado devo salientar a fantástica disputa decorrida no Campeonato Europeu de GT3 onde as equipas Portuguesas lideraram e se mostraram ser as mais competitivas do plantel. Tendo César Campaniço e Ni Amorim conseguido um Excelente pódio. No Campeonato Nacional de Circuitos os vencedores não estavam entre os habituais, tendo Alessandro Pierguidi e  João Figueiredo conseguido impor o belo e potente Ferrari F430 aos mais directos concorrentes munidos do Lamborghini Gallardo LP600, Audi R8 LMS e Mercedes SLS AMG.

Álvaro Parente: “Estava a recuperar e com um bom ritmo mas o tanque do óleo partiu-se e tive que abandonar”

Os cabeças de cartaz eram as belas e potentes máquinas do campeonato FIA GT1 onde o Português Álvaro Parente tripula um Mclaren MP4-12C, piloto este que viu a sua participação terminar mais cedo do que seria de esperar com um tanque de óleo partido a impedir a sua continuação em pista.

António Félix da Costa vence de forma imperial em Silverstone

Em Silverstone António Felix da Costa mostrou a sua fibra e venceu uma corrida dificil, decorrida debaixo de chuva tendo conseguido manter um ritmo elevado e após poucas voltas passou para a  frente da corrida não mais largando esta posição.

Boas notícias para Mads Ostberg

Novamente o azar bate a porta dos pilotos de corridas, desta vez foi o Norueguês Mads Ostberg que tece um acidente no rally da Boémia tendo ficado magoado nas costas, tendo ficado arredado para já dos testes que iriam decorrer no Rally da Estónia, não estando assim em risco a sua participação no Rally da Finlândia.

O Rally da Finlandia aproxima-se mas Armindo Araújo já sabe que não irá ter nas suas mãos a versão mais evolvida do Mini Jonh Cooper Works, a versão 01B que só estará disponível para o piloto Luso no Rally da Alemanha. Sendo o Rally da Finlândia um rally extremamente rápido e técnico os pilotos Finlandeses irão mostrar a sua fibra pelo que se espera que a luta venha a ser travada entre Mikko Hirvonen e Jari Matti Latvala.

Como diria o “lendário” Marcus Grönholm sobre a especial de Ouninpohja – “He Took Ten Years for Me to Learn the Stage”…

Leave a Reply