Quando o Sol Nascer, Tudo Vai Mudar de Figura…

Sempre ouvi dizer, “quem espera sempre alcança”, depois da tempestade, costuma vir a bonança. A idade modera a ansiedade da criança, só com o tempo, se chega ao equilibrio da balança. Determinação, venceu grandes conquistas, da cave mais escura, sairam grandes artistas. Nesta era reina o egoismo, a fé é a salvação, estamos à beira do abismo. Dança, ás vezes é preciso soltar, sem inspração, pouco ou nada deves estar. Há uma ordem natural, para quê apressar, olha à tua volta, e começa a apreciar. As pequenas coisas adquiridas à nascença, a maioria são esquecidas na indiferença, não quero ver o dia, em que vou pousar a armadura, quando o sol nascer, tudo vai mudar de figura…

A verdade demora, mas vem sempre ao de cima, muita gente chora, não entendem o clima. É um ciclo, chove, para o sol brilhar depois, faz frio para, fazer calor depois, ESPERA… É como ler um livro, no fim encaixa tudo, se tens acesso à obra, porquê procuras o resumo? É como nas histórias, vai cair um ditador, e vão deixar de haver diverenças, entre o pobre e o doutor. Em todos os percursos, encontras obstáculos, só tens de enfrentá-los, para torna-los minúsculos, são como capítulos que habitarão no passado, a resiliência está em ti, não fiques paralizado.

É uma questão de ter jogo de cintura, é o amor que nos move, o segredo da cultura. No meu optimismo, consigo ver uma abertura, sei que quando o sol nascer, tudo vai mudar de figura.

Leave a Reply